quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Alegria e música aos parceiros com o Roteiro de Natal

A tradição de quase 20 anos no Bairro da Juventude se mantém como uma das datas mais importantes do calendário. As crianças e adolescentes que participam das Oficinas de Coral, Metais e Cordas deram início ao Roteiro de Natal em 11 de novembro e levam o espírito natalino as empresas parceiras e comunidade através de apresentações. As oficinas participam do Projeto Geração de Talentos, ação vinculada ao Ministério da Cultura.

"Essa é uma forma de agradecimento às empresas e a comunidade que nos apoiam o ano todo. Agradecemos indo nos apresentar e levar mensagens para um feliz Natal", afirma a auxiliar de Coordenação das Oficinas Culturais, Lezi Zilli. 


O Roteiro tem previsão de término em 20 de dezembro e durante esse período, 130 crianças transmitem através de vozes, além das canções de Natal, muita música erudita pensamentos e reflexões sobre o mundo e a vida. Na programação estão marcadas visitas em aproximadamente 350 empresas. "Estamos ensaiando o ano todo. Além de músicas natalinas, cantamos outras canções que passam mensagens de, solidariedade, amor, esperança e amizade", conta a regente Júlia Dias.



segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Ensaio de Natal


Com a proximidade do Natal, nossas crianças do Coral Vozes de Esperança, oficina participante do Projeto GerAção de Talentos, já estão ensaiando as músicas do repertório natalino.



video

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Amor pela cultura


Projeto GerAção de Talentos beneficia 240 crianças e adolescentes da Instituição
Desde muito pequeno, Izaías Florência Ribeiro da Silva, já apresentava interesse pelos instrumentos musicais no Bairro da Juventude. Hoje com 12 anos, o garoto toca, canta e se diverte participando das oficinas de Orquestra Filarmônica (Cordas e Metais), Violão e Canto Coral, inclusas no projeto GerAção de Talentos, com apoio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura.

Além das oficinas culturais, Izaías ainda frequenta diversas exercícios esportivos como vôlei, tênis de campo, futsal, futebol e jiu-jítsu. Apesar de fazer inúmeras atividades, Izaías tem um amor especial pelo violino. "Quando é possível levo o instrumento para a casa, toco e ensino meus irmãos e meus pais a tocarem, me apresento nas festas de família e na igreja. Mas o que eu gosto mesmo é comparecer em eventos do Bairro e fora da entidade. Já fui com a Orquestra para cidades como Bombinhas, Balneário Camboriú e Florianópolis", conta Izaías.

O menino não é o único que passou pela entidade, os cinco irmãos do garoto, aqui também conheceram e se apaixonaram pela cultura musical que a instituição oferece. A mãe Liliane Mendes demonstra gratidão em falar da entidade. “O Bairro é a nossa segunda família. Se hoje meus filhos mais velhos têm uma profissão devemos a entidade. Já os mais novos eu sonho em um futuro maravilhoso para eles. Eles podem estudar música e tocar instrumentos, é uma oportunidade que muitas crianças não podem ter. Só tenho a agradecer a todos que contribuem mensalmente com isso”, ressalta.


Visitantes do Bairro conferem as aulas de Orquestra

Izaías em apresentação na Instituição no evento Cachorro Cultural, Noite Quente


sexta-feira, 22 de julho de 2016

Projeto Geração de Talentos na passagem da tocha Olímpica

Canto Coral se apresentou na chegada do símbolo olímpico em Criciúma



O dia histórico e marcante para o esporte brasileiro, também foi especial para crianças e adolescentes do Bairro da Juventude. No dia 9 de julho, os alunos que participam do Projeto GerAção de Talentos, da oficina de canto coral, se apresentaram no Paço Municipal, em Criciúma, na passagem da tocha Olímpica pela cidade.

Ao som das músicas "Anunciação", "Pedras que Cantam", "Mais que Nada" e "Somos do Tamanho dos nossos Sonhos", as crianças e adolescentes encantaram o público que lotou o local . "Foi uma noite especial, nossos pequenos ficaram maravilhados com a passagem da tocha pela cidade. Poder levar nossa música e nossa voz para um lugar onde os olhos do mundo estavam voltados é muito especial", conta a maestrina do coral Julia Dias.

A aluna Sabine Bernardino, 12 anos, falou da emoção em estar presente neste evento. "O coral sempre se apresenta em diversos eventos, mas esse foi muito legal, eu adorei", revela a menina.

O Projeto Geração de Talentos atende 240 crianças e adolescentes, com idades entre seis e 14 anos, que tem uma maior aproximação com o universo musical através de três oficinas oferecidas na Instituição, Orquestra Filarmônica (Cordas e Metais), Violão e Coral.


 Crianças e adolescentes recepcionam a chegada da tocha olímpica em Criciúma



sexta-feira, 24 de junho de 2016

Talento para música

Liziane participa do Projeto GerAção de Talentos do Bairro da Juventude

O sorriso largo já indica o carinho que ela tem pela música. Questionada sobre a importância desta arte para sua vida, a aluna Liziane Napoleão dos Santos não hesita em falar. "A música é um meio de representar tudo que eu sinto".
Aos 13 anos, Liziane é uma das participantes do Projeto GerAção de Talentos do Bairro da Juventude, inclusa na Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. Há quatro anos, o projeto beneficia 240 crianças e adolescentes com idades entre seis e 14 anos.

A garota gosta tanto do Projeto que participa de três oficinas contempladas pela ação. Durante a semana, Liziane passa pelas aulas com violino, sopro e coral. "Ficar no Bairro fica ainda mais gostoso, porque temos as oficinas. Gosto muito de todas que participo, mas tenho uma preferência pelo sopro, pois o som é mais agitado", revela a garota.

E os sonhos da menina vão longe. "Quero ser produtora musical. Mas também tenho vontade de ser veterinária. Independente do que seja, sei que a música vai estar comigo sempre", declara.

O Projeto Geração de Talentos contempla as oficinas de Orquestra de Cordas e Metais, Violão e Canto Coral. 

Na Orquestra, o violino é o instrumento da garota

A menina solta a voz nas aulas de Canto

Liziane curte também as aulas com o sopro





sexta-feira, 3 de junho de 2016

Roteiro de música e gratidão

Bairro da Juventude  visitou apoiadores do Projeto GerAção de Talentos. Empresas colaboraram  através da dedução do imposto de renda.



Durante um mês, um espetáculo de música e agradecimento encantou as empresas apoiadores do Projeto GerAção de Talentos do Bairro da Juventude, aprovado pelo Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet.  À frente das apresentações estavam as crianças e adolescentes que compõe a Orquestra de Cordas e Metais, Violões e Canto Coral. 

Os alunos mostraram aos parceiros os ensinamentos  musicais conquistados através do projeto, ao mesmo tempo os funcionários puderam conferir o investimento social realizado pela empresa apoiadora. As visitas também vão serviram para prestar contas com as empresas e lançar a quarta fase do projeto GerAção de Talentos. Abaixo vamos mostrar os benefícios e o que o Projeto GerAção de Talentos propiciou aos 240 alunos atendidos.


ALIMENTAÇÃO
52.800 mil
Refeições no decorrer do Projeto
(foto da alimentação)

SAÚDE
Ambulatório médico e consultório dentário
(foto da saúde)

TRANSPORTE
03 ônibus fazem o deslocamento dos alunos para as apresentações
(foto do Transporte)

ESPAÇO CULTURAL
Ampla biblioteca, sala multimídia e cinema
(foto espaço cultural)

AULA PRÁTICA E TEÓRICA
2.200 horas
(foto do das aulas)

APRESENTAÇÕES
350 apresentações levando a música para mais de 20 mil pessoas

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Orquestra se apresenta em palestra


Diante de uma plateia atenta e encantada a Orquestra do Bairro da Juventude, Oficina apoiada pelo Projeto GerAção de Talentos, incluso na Lei de Incentivo do Ministério da Cultura, recepcionou os convidados para a palestra “O Papai é Pop”, do comunicador catarinense Marcos Piangers.

Mais de 600 pessoas comparecem ao evento que teve a renda revertida ao Bairro que atende 1,5 mil crianças, adolescentes e jovens.

Autor do livro que leva o mesmo nome da palestra, Marcos Piangers interagiu e emocionou o público através das experiências, aventuras e aprendizados com Anita e Aurora, suas duas filhas. Piangers exaltou na palestra a presença mais ativa dos pais na vida dos filhos, desmistificando a paternidade.

"Desde que soube que ia ser pai comecei a escrever as histórias da Anita e da Aurora e deixava tudo guardado. Quando resolvemos publicar eu não imaginava que ia ser o sucesso de vendas que foi, então resolvi passar as histórias do livro em uma palestra. Todos os dias, recebo histórias de mulheres que são abandonadas e de pais que mudam seu comportamento após ler o livro. Esse tema precisa ser sempre discutido, pois muitas mães ainda não possuem o apoio do companheiro quando descobrem a gravidez. Os homens precisam sentir de fato a paternidade”, revela Piangers.

Lançado em agosto de 2015, o livro alcançou todos os rankings de mais vendidos do Brasil e foi um dos fenômenos editoriais do último ano. O "Papai é Pop" começou com textos na internet e, em 2013, as histórias começaram a ser publicadas no Jornal Zero Hora, de Porto Alegre. “A palestra é uma forma de incentivar a educação trazendo um tema tão atual e importante para o relacionamento entre pais e filhos, tudo de uma maneira leve e divertida. É uma oportunidade também de oferecer à comunidade um momento de entretenimento, visto que constantemente recebemos apoio da população”, conta o presidente do Conselho Deliberativo do Bairro da Juventude, Franke Hobold.

Ao final da palestra, Piangers aproveitou para atender o público e participou de uma sessão de autógrafos.  A professora da entidade Denise Cardoso Felipe chegou cedo para garantir o melhor lugar. Acompanhada dos dois filhos, Ricardo Cardoso Felipe, 25 anos e Juliano Cardoso Felipe, 15 anos, a família veio reunida para curtir a palestra. “Acompanhamos o trabalho do jornalista nas redes sociais e quando ficamos sabendo que ele estaria na cidade fizemos questão de prestigiar o evento. Foi uma palestra para rir e se emocionar”, declara Denise.